Sexta, 03 de Dezembro de 2021
32°

Poucas nuvens

Curiúva - PR

Turismo Paraná

Com avanço da vacinação, Foz do Iguaçu ganha novo fôlego no turismo

Houve aumento no número de visitantes em julho desse ano, a cidade tem diversos eventos agendados para o segundo semestre e um bom movimento de voo...

12/08/2021 às 16h20
Por: Redação Portal Curiúva Fonte: Secom Paraná
Compartilhe:
© José Fernando Ogura/AEN
© José Fernando Ogura/AEN

Com o avanço da vacinação contra a Covid-19 no Estado, acelera também a retomada das atividades turísticas em Foz do Iguaçu. Em julho, a ocupação total nos hotéis foi de 35,5%, número maior que nos meses anteriores de junho (21%), maio (17%), abril (15%), março (13,5%) e fevereiro (26,2%).

Com aproximadamente 260 mil habitantes, no extremo Oeste paranaense, a cidade está localizada na chamada tríplice fronteira entre Brasil, Paraguai e Argentina. É um dos destinos turísticos mais importantes do País e o mais visitado por estrangeiros do Paraná. O município abriga uma das sete maravilhas do mundo: as Cataratas do Iguaçu, um complexo de 275 quedas que se estendem por quase cinco quilômetros do Rio Iguaçu.

Neste segundo semestre já estão agendados, até o momento, 12 eventos que devem aquecer os estabelecimentos e serviços do setor. A rede hoteleira e os atrativos turísticos também começaram a contratar trabalhadores e a expectativa é de bom movimento nos feriados da Independência do Brasil (07 de setembro) e de Nossa Senhora Aparecida (12 de outubro).

“Há um grande esforço da parte do Governo do Estado, da prefeitura e dos empresários para que essa retomada se consolide a partir deste semestre até o primeiro semestre de 2022. Os indicativos de Foz do Iguaçu mostram que a atividade econômica, de forma geral, caminha rápido para se normalizar nos setores mais afetados pela pandemia”, disse o secretário estadual de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes.

Ele afirma que outros destinos turísticos do Estado, como o Litoral, devem registrar o mesmo movimento esperado em Foz do Iguaçu. “A pandemia foi um momento de pensar em uma nova forma de promover o turismo, com destinos voltados à natureza, principalmente. O Paraná tem atrativos em várias áreas com potencial para serem explorados, como o turismo cultural, rural, gastronômico, religioso e de aventura”, disse.

Nunes faz questão de frisar que, mesmo com o avanço da vacinação, todos atrativos turísticos seguem rigorosamente os protocolos de segurança sanitária. “Ao cumprirmos com esses protocolos vamos dar segurança aos turistas que já estão visitando as cidades do Paraná”, afirmou.

VOOS REGULARES– Outro bom indicativo em Foz do Iguaçu é o número de voos registrados pela Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) no Aeroporto Internacional Cataratas. O terminal terá mais de 21 voos diários neste mês de agosto.

Em algumas datas estão programados 26 pousos e decolagens, número próximo aos registros anteriores à pandemia, com até 30 voos a cada 24 horas. Para este mês, estão previstos 666 voos regulares no aeroporto.

A cidade já registrou aumento de visitantes nos principais atrativos. Nas Cataratas do Iguaçu, o movimentos subiu 105%, com 56.819 pessoas em julho, ante 27.739 em junho.

A cidade passou a integrar, também, a Câmara de Turismo 4.0 – colegiado coordenado pelos ministérios do Turismo e da Ciência, Tecnologia e Inovações – que debate projetos estratégicos nas áreas de tecnologia e inovação voltados a potencializar a atividade turística nos principais destinos do País.

Os últimos meses, de procura aquém do normal, também ajudaram a promover capacitações para profissionais do setor. Hotéis de médio e grande porte ampliaram ou reformaram suas dependências e ambientes, e um novo hotel com 130 apartamentos foi aberto na cidade. Além disso, uma faculdade particular vai implantar um hotel-escola voltado a novas experiências tecnológicas.

Os números são da Prefeitura de Foz do Iguaçu e apontam, ainda, que o turismo rodoviário e de centros urbanos próximos correspondem ao perfil da maior parte dos visitantes no mês de julho.

“Estamos otimistas, recebendo ministros, o governador, temos as parcerias com a Itaipu e com o Governo do Estado, o empresariado está investindo, temos cada vez mais visitantes. O momento agora é de olhar para a frente, ter otimismo, força, apostar, investir, acreditar, receber bem o turista. Vamos viver assim, com esperança, sem deixar os cuidados de lado, de forma nenhuma”, disse o prefeito Chico Brasileiro.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias