Sábado, 18 de Setembro de 2021
21°

Poucas nuvens

Curiúva - PR

ESPORTES ESPORTES

De virada, Athletico perde para o FC Cascavel na semi e é eliminado do Paranaense

Rubro-Negro sai na frente, mas sofre dois gols e deixa o sonho do tetra pelo caminho

09/09/2021 às 08h46 Atualizada em 09/09/2021 às 08h52
Por: Redação Portal Curiúva
Compartilhe:
Léo Itaperuna anotou o gol da vitória da Serpente. Foto: Felipe Fachini/FC Cascavel.
Léo Itaperuna anotou o gol da vitória da Serpente. Foto: Felipe Fachini/FC Cascavel.

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem na região e em todo Paraná

O sonho do tetracampeonato, do Athletico, se encerrou. Na base da superação, o FC Cascavel bateu o Furacão de virada, por 2 a 1, no Olímpico Regional e vai enfrentar o Londrina na final do Campeonato Paranaense 2021. Nikão abriu o placar para o Rubro-Negro, mas Rogério e Léo Itaperuna viraram para a Serpente. Na ida, as equipes ficaram no empate em um a um na Arena da Baixada.

Com um surto de covid-19, o FC Cascavel só contou com 14 jogadores à disposição. O clube tentou no TJD-PR adiar o confronto, porém, o pedido foi negado pelo tribunal. No STJD, a diretoria entrou com outra representação, mas, pela manhã, decidiu recuar. Apenas três jogadores ficaram no banco de reservas.

Já o time athleticano fica de fora da final do estadual após cinco anos seguidos disputando. Diferente do primeiro jogo, a comissão técnica optou por levar o grupo principal para o segundo confronto da semifinal. Cinco titulares iniciaram a partida, mas não foi o suficiente para chegar na decisão.

Agenda

A final ainda não tem data. A Federação Paranaense deve marcar nos próximos dias os dois jogos. Por conta da campanha, a Serpente decide o título no estádio Olímpico Regional. O primeiro duelo acontece no estádio do Café.

O jogo

Reforçado por jogadores do time titular, o Athletico procurou tomar a iniciativa do jogo. E não demorou muito para a equipe abrir o placar. Aos 5′, em erro de Gama, Kayzer avançou pela esquerda e cruzou na área. Nikão recebeu no lado oposto, arrumou e bateu forte para estufar as redes.

Na jogada seguinte, o FC Cascavel ficou na bronca com a arbitragem. Em bola na área, Márcio Azevedo deu um toque nas costas do adversário. No entanto, o árbitro Leonardo Ferreira Lima não viu irregularidade e mandou seguir.

Após o gol, a Serpente mudou de atitude, mas sem ter sucesso no último terço. Aos 39′, o Furacão teve a oportunidade de ampliar. Em jogada de Jader, ele avançou pela esquerda e tocou para Kayzer. O centravante tinha tudo para marcar, mas, sem goleiro, furou na hora da finalização.

Na superação, FC Cascavel vira e confirma seu nome na decisão

A chuva deixou o gramado pesado no segundo tempo. Mas isso não foi um problema para o FC Cascavel, que igualou o placar. Aos 2′, Sotto fez bonita jogada individual e cruzou na área. Rogério apareceu livre para, de cabeça, anotar o seu gol. 1 a 1. O resultado levava o duelo para os pênaltis.

Com o gol, o Rubro-Negro voltou a criar. Aos 14′, em jogada de Jadson, Jader recebeu na área e bateu cruzado. A bola passou muito perto da trave. A resposta da Serpente foi aos 18′. Em cobrança de escanteio, Léo Itaperuna aproveitou a saída errada do goleiro Anderson para virar. 2 a 1.

Sendo eliminado, o Furacão partiu para cima. Apesar da pressão, a equipe não conseguiu o empate e, após cinco anos seguidos, fica de fora de uma final do Campeonato Paranaense. Já o FC Cascavel vai enfrentar o Londrina na grande decisão.

FICHA TÉCNICA
FC CASCAVEL 2 (3) X 1 (2) ATHLETICO

Local: Estádio Olímpico Regional, em Cascavel (PR).
Data: quarta-feira, 08 de setembro de 2021.
Horário: 15h20.
Árbitro: Leonardo Ferreira Lima.
Assistentes: Bruno Boschila e Zacarias Chumlhak.

FC Cascavel: Ricardo; Giaretta, Willian e Lucas; Carlinhos, Gama, Sotto (Duda). Henrique e Willian Simões; Rogério (Douglas) e Léo Itaperuna.
Técnico: Tcheco.

Athletico: Anderson; Marcinho, Pedro Henrique e Thiago Heleno; Márcio Azevedo (Nicolas), Richard (Erick), Jadson (Carlos Eduardo) e Juninho; Jader (Jaderson), Nikão e Renato Kayzer (Mingotti).
Técnico: António Oliveira.

Gols: Nikão, aos 5′, do primeiro tempo, para o Athletico. Rogério, aos 2′,e Léo Itaperuna, aos 18′, do segundo tempo, para o FC Cascavel.
Cartões amarelos: Richard, Pedro Henrique e Jader (CAP). Willian Gomes (CAS).

 

Banda b.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias