Terça, 19 de Outubro de 2021
20°

Pancada de chuva

Curiúva - PR

ESPORTES BRASILEIRÃO

Athletico tenta evitar uma das piores sequências em casa no Brasileirão

Desde a reforma da Arena da Baixada, a pior sequência em casa do Furacão aconteceu em 2015, quando ficou cinco partidas sem ganhar no caldeirão

16/09/2021 às 16h39
Por: Redação Portal Curiúva
Compartilhe:
Arena da Baixada. Foto: Geraldo Bubniak/AGB
Arena da Baixada. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Curta nossa página no Facebook e fique por dentro dos fatos que acontecem na região e em todo Paraná

Desde que foi ampliada e reformada para receber jogos da Copa do Mundo de 2014, a Arena da Baixada foi palco de grandes conquistas do Athletico, como as da Copa Sul-Americana e da Copa do Brasil. Na disputa do Campeonato Brasileiro, em poucos momentos o caldeirão não foi o diferencial do Furacão e, na atual fase ruim que vive na competição nacional, o time rubro-negro vai tentar, diante do Juventude, neste sábado (18), às 18h45, interromper uma das piores sequências como mandante desde a reconstrução do Joaquim Américo. Neste ano, são três jogos sem vitórias dentro de casa na Série A.

O Furacão não vence no Brasileirão há sete jogos, com seis derrotas no período. Deixou, então, de brigar pela parte de cima e está, agora, próxima da zona de rebaixamento. Neste período, dentro da Arena da Baixada, perdeu para o São Paulo e para o Corinthians, e empatou sem gols diante do Sport.

Desde 2014, quando voltou a mandar seus jogos no caldeirão, a pior sequência do Athletico dentro da Arena da Baixada foi em 2015, quando ficou cinco partidas sem vencer. Nesses cinco jogos, foram dois empates contra Joinville (0x0) e Cruzeiro (2×2), e derrotas para Grêmio (1×2), Ponte Preta (1×2) e Corinthians (1×4).

Depois disso, somente no ano passado o Athletico ultrapassou a marca de mais de três jogos sem vitórias na Arena da Baixada na disputa do Campeonato Brasileiro. Foram quatro partidas sem vencer nos duelos contra Palmeiras, Fluminense, Bragantino e Botafogo, ainda no início da competição nacional. Ainda em 2020, o Furacão registrou três partidas seguidas sem vencer em casa quando empatou sem gols com o Ceará e foi derrota para Corinthians e Grêmio.

Em 2014, quando voltou a jogar na Arena da Baixada depois dos quatro jogos da Copa do Mundo, o Athletico usou bem o fator casa. Teve, no máximo, uma sequência de duas partidas sem vitórias como mandante. Essas foram as marcas durante as disputas das edições de 2016 e 2018 do Campeonato Brasileiro da Série A.

Já nas edições de 2017 e 2019, o Athletico igualou a marca atual de três jogos sem vitórias no Campeonato Brasileiro. Em 2017, foram duas vezes. A primeira sequência aconteceu nas derrotas para Grêmio e Santos, e no empate diante do Flamengo. A outra aconteceu no empate contra o Botafogo, e nos resultados negativos colhidos diante de Cruzeiro e Ponte Preta.

Em 2019, no entanto, essa sequência ruim aconteceu apenas uma vez. Foi quando, dentro do caldeirão, ainda com a presença do torcedor rubro-negro, perdeu para o Flamengo e empatou seus duelos contra Chapecoense e Palmeiras.

 

(Via) banda b

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias