Segunda, 17 de Janeiro de 2022
21°

Pancada de chuva

Curiúva - PR

GERAL ALERTA

Criança morre e adolescente fica em coma após usar cigarro eletrônico

Os dois tiveram “envenenamento” pelo uso do cigarro eletrônico

13/01/2022 às 19h07
Por: Redação Portal Curiúva
Compartilhe:
(Foto: Reprodução) ilustrativa/internet
(Foto: Reprodução) ilustrativa/internet

 

 

Um estudante morreu e uma adolescente está em coma depois de usar cigarro eletrônico juntos durante uma festa do pijama que aconteceu em um apartamento na Rússia.

De acordo com o Mirror, os dois tiveram “envenenamento” pelo uso do cigarro eletrônico, mais conhecido no Brasil como vape. Denis Shanayder de 12 anos morreu e Anastasia de 17 anos está em coma no hospital.

A irmã de Shnayder, Viktoria, de 18 anos, também estava no local e foi internada para tratamento médico. O trio foi encontrado desacordado pela avó de Anastasia.

Viktoria havia postado em um vídeo nas mídias sociais: “Eu vaporizo ​​o dia todo até me sentir doente”. De acordo com as investigações, os jovens fizeram diversas misturas para fumar.

“Todos eles consumiram misturas para fumar com um dispositivo eletrônico”

disse Lyudmila Ryazantseva, do Comitê de Investigação da Rússia.

Um processo criminal foi aberto para saber se a negligência foi um fator determinante na morte de Denis. As autoridades também estão investigando se houve falha na supervisão dos pais.

O caso gerou discussão e pede controle mais rígidos sobre o cigarro eletrônico para proteger os jovens.

“Se as crianças estão morrendo, então a lei atual que iguala isso aos cigarros não é suficiente”, disse o deputado Denis Svishchev, chefe do comitê de esportes do parlamento russo.

 

Um estudo do Instituto Nacional de Câncer (INCA) aponta para os riscos de iniciar o consumo de cigarros a partir do uso de cigarros eletrônicos. O artigo, feito por pesquisadores da Coordenação de Prevenção e Vigilância do INCA. De acordo com o estudo, o uso de cigarro eletrônico aumenta em mais de três vezes o risco de experimentação de cigarro convencional e mais de quatro vezes o risco de uso do cigarro. O estudo alerta que o uso de vape pode causar doenças pulmonares e cardiovasculares.

 

Por redação com Mirror

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias